sexta-feira, agosto 20, 2010

Campeões da Libertadores, de novo


Campeões da Libertadores, de novo

Só me dei conta que o Internacional poderia ser campeão da Copa Libertadores da América novamente agora, a primeira vez foi em 2006, quando o time passou pelo São Paulo, ou seja após a semifinal, e quando percebi um aumento nas visitas a este blog, se direcionando às postagens relacionadas à conquista de 20061.

Então, quando me dei conta, o Internacional já estava classificado para o Mundial Interclubes de 2010, que deverá acontecer em dezembro no emirado de Abu Dhabi, um dos Emirados Árabes Unidos. Mesmo que o Inter não tivesse sido campeão, o time do Chivas Guadalajara, do México, não poderia ser representante da Conmenbol, a Confederação de Futebol da América do Sul, porque o Chivas é vinculado à Concacaf, Confederação de Futebol das Américas do Norte e Central e países do Caribe. Os times mexicanos jogam na Copa Libertadores da América como convidados.

Quando me dei conta, já era hora de torcer e conferir as duas partidas da final da Libertadores pela televisão. Inclusive, talvez, com algum favoritismo.

Acho que a minha desatenção não foi à toa. O Internacional fez uma campanha periclitante com diversas derrotas ao longo do caminho, e grande sofrimento para o torcedor. O sofrimento foi mais evidente na semifinal contra o São Paulo, com o time podendo ser desclassificado até o último minuto da partida2, e nas quartas-de-final, quando o Inter superou o Estudiantes, time argentino campeão do torneio em 20093, sendo que contra o Estudiantes, em La Plata, Argentina, o Giuliano “achou” um golzinho aos 43 minutos do segundo tempo que permitiu ao Inter passar de fase. Foram ambas as classificações “com as calças na mão” como diria alguém.

As duas partidas da final tiveram sua carga de sofrimento, mas foram suaves comparadas às quartas e à semi. Chivas Guadalajara 1 x 2 Internacional, em Guadalajara, México; Internacional 3 x 2 Chivas Guadalajara.

Somos Campeões da América. De novo! A América é vermelha! De novo!



Crédito da foto: Heuler Andrey/Agif/Folhapress - na Folha de São Paulo.



1Alguns linques acessados: “Não me acordem” - texto do Luís Fernando Veríssimo; ou “Emanuel Neves”, em que tento dizer alguma coisa sobre o jornalista e poeta torcedor apaixonado pelo Internacional, que por sua vez escreveu “Súplica à América”.

2Resultados: Internacional 1 x 0 São Paulo, em Porto Alegre; São Paulo 2 x 1 Internacional, em São Paulo.

3Semelhantemente ao que aconteceu com o São Paulo: Internacional 1 x 0 Estudiantes, em Porto Alegre; Estudiantes 2 x 0 Internacional, na cidade de La Plata.

Marcadores: , , , ,

2 Comments:

Blogger Gisele said...

Oi!
É isso ai Zé, campeões de novo, que beleza, hein? Lamento não estar em Porto Alegre pra festa, que devia estar muito bonita, mas estou sempre com voces em pensamento e de coração.
Gi

10:40 AM  
Blogger zealfredo said...

Valeu, Gi!

10:58 PM  

Postar um comentário

<< Home